Facebook Twitter RSS

Mulher é violentada em Congonhinhas


Através de solicitação anônima de que uma mulher estava sendo estuprada nas proximidades da Serralheria do Marreco em um matagal, a equipe da Polícia Militar deslocou ao endereço acima citado e encontrou a pessoa conhecida como Zanin em flagrante de estupro contra V. N. S. e a mesma apresentava lesões no braço esquerdo, braço direito, joelho esquerdo e direito.
Ele já possuía diversas passagens pela polícia e havia saído da prisão há cerca de dois meses.
Luiz Ricardo Zanin havia conversado com a vítima, uma mulher de aproximadamente 50 anos, no centro da cidade. Quando estava indo para casa a mulher foi perseguida por Zanin que a agarrou e a arrastou para um terreno baldio. A vítima tentou se desvencilhar do agressor, mas não conseguiu. Vizinhos ouviram o grito da mulher e acionaram a polícia. Ainda assim, Zanin conseguiu violentar a vítima.
Devido as lesões nos braços e pernas, a mulher foi encaminhada ao IML de Londrina para passar por exames de corpo de delito.
Ainda conforme a Polícia Civil, a vítima não tinha nenhum tipo de relacionamento com o estuprador. Os dois apenas se conheciam, mas não tinham amizade. Zanin havia consumido bebida alcoólica antes de cometer o crime.
Diante da situação foi dada voz de prisão para Zanin e conduzido à delegacia para as providências cabíveis ao fato. (Redação Congotícias com informações do 18° BPM e do Portal Bonde)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net