Facebook Twitter RSS

Tercilio Turini homenageia Tubarão na Assembleia pela conquista do título


O deputado estadual Tercilio Turini homenageou o Londrina Esporte Clube, na sessão de ontem (dia 14) da Assembleia Legislativa do Paraná, pelo título de Campeão Paranaense de 2014. Ele fez pronunciamento em plenário e apresentou voto de congratulações destacando o trabalho, a dedicação e a garra dos jogadores, comissão técnica e dirigentes na conquista do campeonato.
“É um título que enche nossos corações de emoção e orgulho. Ver e sentir a felicidade das pessoas em todos os cantos da cidade e também em muitos municípios vizinhos a Londrina, onde o Tubarão conta igualmente com grande torcida”, afirmou o deputado.
Tercilio Turini ressaltou também a relevância de dois times do interior terem chegado à fase final da competição. “É muito importante para o futebol paranaense ver Londrina e Maringá decidindo o campeonato. Os dois clubes, as duas cidades ganharam destaque na mídia esportiva do País, elevaram a imagem de todo o Norte do Paraná, mostraram que é possível chegar ao sucesso com trabalho sério e dedicação”, afirmou.
“Felizmente para nós londrinenses o Tubarão venceu a decisão e sagrou-se Campeão Paranaense deste ano, título que conquista pela quarta vez em sua história”, acrescentou. Os outros campeonatos estaduais comemorados foram em 1962, 1981 e 1992.
Turini disse que a torcida teve papel fundamental e merece reconhecimento. “Apoiou e empurrou o time nos momentos difíceis, principalmente na reação e vitória por 4 a 1 contra o Atlético, na semifinal, e na sofrida decisão por pênaltis em Maringá”, comentou. “Que a campanha do título do nosso Tubarão seja a motivação para o time retomar seu lugar de destaque no cenário esportivo nacional”, complementou.
Os requerimentos com votos de congratulações ao presidente do Londrina Felipe Berger Prochet e ao diretor da SM Sports, Sergio Malucelli, foram aprovados em plenário por todos os deputados estaduais.
Tercilio Turini lamentou ainda a atitude do apresentador de TV de Maringá, detido por ato de racismo contra um jogador do Londrina. “É inaceitável e repugnante. Felizmente a jornalista Monique Vilela, da Rádio Banda B, teve coragem e dignidade de denunciar a atitude discriminatória e intolerante, fazendo o que deve ser feito numa situação como aquela”, declarou. (Redação e imagem: Tribuna de Amoreira)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net