Facebook Twitter RSS
>

Últimas notícias

104 casos ativos de coronavírus em Congonhinhas, com uma pessoa internada


Redação Congotícias

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Congonhinhas no início da noite desta quarta-feira (19) mostra que a situação pandêmica no município vem ficando cada vez mais preocupante.

De acordo com o informe, já são 104 casos ativos de coronavírus, sendo 01 no assentamento Robson de Souza, 01 no assentamento Rosa Luxemburgo, 01 no bairro São Benedito, 01 no patrimônio de Santa Maria do Rio do Peixe e 100 na cidade.

Dentre os casos ativos, uma pessoa está hospitalizada. Além disso, 26 pessoas suspeitas ainda aguardam o resultado do exame, enquanto outras 136 estão em monitoramento domiciliar pela equipe da secretaria de saúde.

Prefeito Dr. Zéco envia à Câmara projeto para conceder auxílio-alimentação aos servidores municipais


Redação Congotícias

O prefeito do município de Congonhinhas, José Olegário Ribeiro Lopes (Dr. Zéco), enviou para apreciação do legislativo municipal o Projeto de Lei nº 003/2022, que visa conceder auxílio-alimentação mensal no valor de R$ 280,00 (duzentos e oitenta reais) aos servidores públicos municipais ativos.

Na justificativa, o prefeito José Olegário ressaltou aos vereadores que o valor definido do auxílio “é fator de justiça social, pois auxiliará o servidor no exercício de suas atribuições, propicia uma ajuda aos servidores municipais, a fim de melhorar as condições alimentares dos mesmos e de sua família e estimulará o comércio municipal”.

Cabe salientar ainda que, de acordo com o texto do projeto, o prefeito, o vice-prefeito e os secretários não terão direito ao auxílio-alimentação.

Por se encontrar previsto no orçamento vigente, não há necessidade de realização de estudo de impacto orçamentário. Com isso, o prefeito requereu a tramitação do projeto em regime de urgência e extraordinariamente.

O projeto de lei foi assinado pelo prefeito José Olegário Ribeiro Lopes e pelo assessor jurídico Douglas Danillo Barreto da Silva. Para que entre em vigor, é necessário que haja a aprovação através de deliberação dos vereadores.

Congonhinhas tem 78 casos ativos de coronavírus


Redação Congotícias

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Congonhinhas no início da noite desta terça-feira (18) mostra que o município chegou ao total de 78 casos ativos de coronavírus.

Segundo o informe, os casos ativos estão no assentamento Robson de Souza (01), no assentamento Rosa Luxemburgo (01), no bairro São Benedito (01), no patrimônio de Santa Maria do Rio do Peixe (01) e na cidade (74).

Além dos casos ativos, 26 suspeitos ainda aguardam o resultado do exame. Outras 94 pessoas estão em monitoramento domiciliar pela equipe da secretaria de saúde.

Procon-PR alerta sobre aumento de preço do teste da covid-19 e pode aplicar multa


Fonte: AEN-PR

O Procon-PR e algumas entidades de defesa do consumidor municipais de todo o Estado emitiram nesta semana uma recomendação administrativa para as farmácias e laboratórios privados que realizam exames da Covid-19 e Influenza não praticarem preços abusivos em razão do aumento da demanda. Já há relatos de consumidores sobre aumento de preços nos procedimentos para detecção dos vírus.

O crescimento do número de casos da variante Ômicron e a epidemia de H3N2 no verão têm aumentado de forma significativa a procura pelos exames, principalmente diante de quadros sintomáticos. O Paraná já registrou mais de 100 mil novos casos de covid-19 em janeiro.

A recomendação tem seis tópicos. O primeiro é sobre direitos básicos à informações sobre os produtos, nos termos do Código de Defesa do Consumidor; o segundo e o terceiro sobre a publicidade dos preços; o quarto sobre as penalidades da elevação sem justa causa; o quinto sobre sanções administrativas por conta da situação pandêmica, nos termos do Decreto Federal nº 2.181/97; e o último sobre o não cumprimento das normas, com possibilidade de encaminhamento para o Ministério Público.

“Mesmo assim, mesmo com a nova cepa, as empresas que vendem testes não podem praticar preços abusivos, que serão devidamente punidos pelo Procon-PR”, disse a chefe do órgão, Claudia Silvano.

Os Procons estão monitorando aumentos injustificados e poderão aplicar multas cujos valores variam entre R$ 700,00 a R$ 11 milhões, teto da punição. O cálculo leva em consideração o dano causado, eventual reincidência e a capacidade econômica do notificado.

Caso encontre algum caso, o consumidor pode acessar os serviços do Procon-PR no site oficial.

Ocorrências Policiais; 17 para 18/01 de 2022


18º BPM

BANDEIRANTES: FURTO QUALIFICADO
Às 09h15min a equipe PM foi acionada na Rua Fioravante Malaghini, onde o solicitante informou que trabalha no local como pedreiro e que foram furtadas duas de suas ferramentas, sendo uma serra circular do tipo maquita e uma furadeira, ambas da marca Goodyear. Relatou ainda que as ferramentas estavam trancadas no local da obra e que a última vez que esteve no local foi no sábado (15/01). Desse modo, foi devidamente orientado.

BANDEIRANTES: AMEAÇA
No início da madrugada desta terça-feira a equipe PM foi acionada na Rua Adelina da Silva Ribeiro, onde um veículo Peugeot encontrava-se com som demasiadamente alto, sendo então solicitado ao proprietário que desligasse o aparelho, solicitação que foi prontamente atendida. Entretanto, outro indivíduo acabou interferindo no atendimento da ocorrência, desacatando a equipe PM e tentando agredir um dos policiais, assim como realizar ameaças contra o mesmo. Assim foi encaminhado para os devidos procedimentos.

CORNÉLIO PROCÓPIO: LESÃO CORPORAL - VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR
Às 15h15min através de denúncia anônima a Polícia Militar foi informada que uma mulher de 23 anos havia sido agredida pelo marido, também de 23 em uma residência localizada na Vila América. No local, a mulher relatou as agressões sofridas, bem como o masculino também apresentou lesões. Assim, depois de ambos serem atendidos no Pronto Socorro foram encaminhados à Delegacia para os devidos procedimentos.

Marido da prefeita de Imbaú, secretário é preso com 86 pedras de crack em carro oficial, diz guarda


Fonte: RPC Ponta Grossa

O então secretário de Serviços Urbanos da Prefeitura de Imbaú, nos Campos Gerais do Paraná, Junio Cezar Rodrigues, foi preso em Curitiba após ser flagrado com 86 pedras de crack em um carro oficial do município.

A prisão aconteceu na quinta-feira (13), em uma ação conjunta da Guarda Municipal da capital e a Polícia Civil.

Além de secretário municipal, Junio é marido da prefeita da cidade, Dayane Sovinski Rodrigues. Segundo o município, ela informou que não compactua com a atitude do esposo e que ele foi exonerado do cargo após a prisão.

Conforme o relatório da Guarda Municipal, um policial civil percebeu a movimentação e suspeitou do então secretário, que estava com o carro em uma praça de Curitiba. O homem tentou fugir com o veículo e chegou a cruzar a calçada e entrar na contramão em uma rua movimentada.

Em seguida, ele foi preso em flagrante. A Polícia Civil não repassou informações detalhadas sobre o caso.

A delegacia de Imbaú informou somente que, em caso de instauração de inquérito contra Junio, a apuração deve ocorrer pela delegacia da capital.

A Prefeitura de Imbaú disse que não foi confirmado trafico de drogas na situação, mas ressaltou que o ex-secretário é dependente químico. O setor jurídico do município apura o caso.

O g1 e a RPC não conseguiram contato com a defesa do ex-secretário.

Onda de calor provoca prejuízos no campo e mata 400 mil aves


Fonte: Canal Rural

A forte onda de calor que atinge a América do Sul não está provocando prejuízos apenas nas lavouras de soja e milho.

No Uruguai, país onde as temperaturas chegaram a 44ºC em algumas regiões, a maior em 79 anos, 400 mil aves morreram por causa do calor. O levantamento é da Associação dos Produtores de Aves (APAS).

Segundo o presidente da entidade, Joaquín Fernández, que também é produtor de frango e poedeiras, as mortes aconteceram ao longo dos últimos três dias. Segundo a APAS, as perdas representam entre 10% e 20% da produção de aves no Uruguai.

“Isso é absolutamente histórico, nunca havia acontecido”, disse Fernández, ao jornal El País. “É a primeira vez que algo assim acontece. Estou no setor há 43 anos e nunca experimentei”, complementou.

Segundo a APAS, o prejuízo estimado é de aproximadamente US$ 1 milhão. “Não vai ter problema de desabastecimento. E mais, estávamos um pouco superproduzidos e agora vai se normalizar, o abastecimento vai ser administrado de acordo com as necessidades da população”, explicou.

Ao todo, 135 famílias de produtores registraram perdas com a morte das aves. A APAS contou que as autoridades já foram notificadas, mas, até o momento, o Ministério da Agricultura do país vizinho ainda não se manifestou.