Facebook Twitter RSS

Ex-morador de Congonhinhas, homem abandonado no mato é encontrado em Nova Fátima


Redação e imagens: Jornal Folha Fatimense
Na manhã desta segunda-feira, por volta das 10h da manhã, o sr. Lourenço agricultor do bairro do Areião no município de Nova Fátima, encontrou por acaso um homem de aproximadamente 25 anos em estado "desumano".

Segundo o sr. Lourenço, ao ver a situação do rapaz que atende pelo apelido de Gilmarzinho, todo sujo, com as vestes rasgadas, barbudo e cabeludo, o sr. Lourenço leva Gilmarzinho para sua casa onde o alimenta e rapidamente o conduz para o Hospital local do município. A assistência social foi acionada para acompanhar o caso.

Segundo o sr. Lourenço, o rapaz teria fugido de Congonhinhas onde morava com uma tia e já estava escondido no mato a aproximadamente 8 meses, onde se alimentava de frutas, limão e segundo o sr. Lourenço o mesmo estaria comendo milho com veneno para pragas, o que poderia estar causando supostamente um inchaço em sua perna.

O rapaz toma banho no hospital, recebe roupas de doação, chinelo, toma café e corta o cabelo e barba no salão do Marcinho, depois do tratamento que recebeu Gilmar ficou irreconhecível. Logo após, sr. Lourenço com sua esposa e o rapaz acompanhados da secretária social Célia Roque se dirigem ao fórum para requerer um internamento, já que o mesmo se encontra sem documentos, sem parentes e apresenta sinais evidentes de problemas mentais, não sabendo o próprio nome nem idade.

O promotor recebe a secretária Célia Roque e dá entrada na documentação para internação do rapaz e procedimentos de reconhecimento de identidade, que provavelmente acontecerá amanhã. Até o dia da internação o sr. Lourenço se prontificou de cuidar, dar abrigo e alimentação para o rapaz até amanhã, onde a secretaria municipal de saúde deverá ir busca-lo e encaminhar para a clinica de recuperação da cidade de Rolândia.








COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net