Facebook Twitter RSS

Paranaense pode ser fuzilado na Indonésia já na terça-feira


Redação: Portal Bonde
(Foto: Reprodução)
A família do paranaense Rodrigo Gularte foi informada neste sábado (25) pelas autoridades da Indonésia que ele será mesmo executado. A data não foi confirmada, mas a lei do país indica que a pena pode ser aplicada 72 horas após o comunicado.

O governo brasileiro voltou a pedir clemência antes da reunião. A solicitação novamente foi negada.

Gularte foi preso em julho de 2004 tentando entrar na Indonésia com 6 quilos de cocaína escondidos em pranchas de surfe. Ele foi condenado à morte em 2005.

O paranaense será o segundo brasileiro fuzilado no exterior. O carioca Marcos Archer foi morto em janeiro deste ano após ser punido também por tráfico de drogas.

A mãe de Rodrigo Gularte está no Brasil. A presença dela na Indonésia para se encontrar com o filho antes da execução não foi confirmada.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net