Facebook Twitter RSS

Prefeito denunciado por corrupção é cassado no Paraná


Redação: Portal Bonde
(Foto: Divulgação)
A Câmara Municipal de Prudentópolis votou por unanimidade pela cassação do mandato do prefeito Gilvan Pizzano Agibert (sem partido). A sessão especial de julgamento terminou por volta das 19h. O vice, Adelmo Luiz Klosowski, foi empossado ainda ontem.

Agibert estava afastado do cargo desde o dia 13 de fevereiro por determinação do Tribunal de Justiça. Ele foi preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) um dia antes em Curitiba. O então prefeito foi flagrado recebendo uma suposta propina de R$ 20 mil de um empresário do ramo de coleta de lixo.

O Ministério Público denunciou o político pelo suposto envolvimento em 23 crimes relacionados à corrupção e desvio de dinheiro público. A denúncia de um cidadão fez com que o Legislativo abrisse comissão Processante para investigar Agibert.

A população de Prudentópolis lotou as galerias da Câmara e até um telão precisou ser colocado do lado de fora do prédio para que a sessão fosse acompanhada. Os treze vereadores votaram pela cassação após cerca de seis horas de trabalho.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net