Facebook Twitter RSS

Avícola Catarinense/Granja Faria apresenta a empresa aos congonhinhenses


Redação Congotícias
Na ordem, da esquerda para a direita: vice-prefeito Osmar,
gerente de operações da Avícola Catarinense e Granja Faria
Givanildo Galdini, prefeito Dr. José Olegário, vereadores
Genésio e Rambinho, gerente do incubatório Mauro Piran e
vereadores Renato, Célia e Ademar Baiano
Foi realizada na noite da última sexta-feira (15) uma reunião no Centro Cultural para a explanação das instalações da Avícola Catarinense/Granja Faria em Congonhinhas.

A Avícola Catarinense/Granja Faria só está sendo instalada em Congonhinhas graças ao empenho do prefeito Dr. José Olegário em trazer esta empresa para o nosso município. A prefeitura municipal teve grande participação, ajudando em contrapartida cedendo os terrenos e terraplanagens. Já foram gastos cerca de 2 milhões de reais para contribuir com a instalação da empresa em Congonhinhas, sendo que esse valor já estará sendo recompensado ao município em somente 3 meses de arrecadação.

Costumo dizer que não vamos colher os frutos, e sim os ovos, que são exportados para o exterior” – afirmou o prefeito Dr. José Olegário.

O gerente de operações da empresa, Givanildo José Galdini, apresentou a Avícola Catarinense/Granja Faria e deu maiores informações sobre os planos da empresa no município e o "Projeto Congonhinhas".

Os ovos desta empresa são exportados para a Venezuela, Senegal, Alemanha, Arábia Saudita e África do Sul.

A Avícola Catarinense/Granja Faria conta com unidades em Orleans (SC), Palhoça (SC), Erval Velho (SC), Francisco Beltrão (PR), Congonhinhas (PR), Campo Mourão (PR), Fazenda Vila Nova (RS) e Nova Mutum (MT). No entanto, conforme destacado pelo gerente Givanildo, atualmente somente Congonhinhas está exportando ovos para os países supracitados, devido a qualidade dos ovos produzidos aqui. Os ovos chegam aos países já etiquetados com o nome do nosso município, o que torna Congonhinhas internacionalmente conhecida.

A Granja Faria e Avícola Catarinense já é uma realidade no município de Congonhinhas, com o primeiro núcleo de produção já em funcionamento, buscamos crescer nesta terra, trazendo riquezas para nossas famílias, viemos para não só atender nossos clientes mas também fazer parte do desenvolvimento local trazendo prosperidade e oportunidades para todos” – destacou Givanildo.

A missão da Avícola Catarinense/Granja Faria é criar e estabelecer uma relação mútua e duradoura de respeito e confiança junto aos seus clientes, assegurando com sua competência e compromisso o melhor serviço, rentabilidade ao negócio e orgulho aos colaboradores por fazerem parte. A visão é ser a maior e melhor empresa do seguimento de pintos de 1 dia e ovos férteis da América Latina, sendo reconhecida por sua participação na vida das pessoas.

A MELHOR MANEIRA DE MELHORAR O PADRÃO DE VIDA ESTÁ EM MELHORAR O PADRÃO DE PENSAMENTO!

Segundo o gerente Givanildo, “consideramos a granja de produção de ovos férteis em Congonhinhas como sendo atualmente a maior da América Latina”.

Confira abaixo mais informações sobre a empresa no município: 

PROJETO CONGONHINHAS
Conta com:
- 1 Núcleo Recria (integrado Paulo e Roberto Landgraf);
- 1 Recria (própria) em obra;
- 4 Núcleos de produção em obra;
- 1 Incubatório em obras;
- 1 Fábrica de Ração;
- 1 Armazenagem de cereais.

RECRIA (INTEGRADO LANDGRAF)
Alojada com 132.387 distribuídas em 6 aviários de 150x14
Alojado com 17.343 machos distribuídos em 2 aviários 150x14
Sistema de ração Roxell (pratos)
Sistema de pressão negativa

Recria Própria Granja Faria
- Núcleo em obra
- Composta por 6 aviários de fêmeas de 130x15,40
- Integrada com todo sistema de biossegurança
- capacidade de 126.126 (10,5/aves/m²) fêmeas, podendo ir para 132.132 (11/aves/m²) fêmeas
- Sistema roxell alimentação
- Sistema pressão negativa

NÚCLEOS DE PRODUÇÃO
- Projeto é composto por 4 núcleos de produção
- Capacidade de cada núcleo 120.000 fêmeas
- Cada núcleo composto por 8 aviários 183x14,4
- Fêmeas por m² 5,78/aves
- Ninho automático Vencomatic, 208 aves/modulo
- Embandeijamento automático com máquina
- Esteira de transporte de ovos até sala
- Pressão negativa de ventilação
- Sistema automático de pesagem ração

Incubatório Congonhinhas
Capacidade para 2016:
. Ovos / mensal: 8.668.800;
. Pintos / mensal: 7.368.480;

Capacidade futura:
. Ovos / mensal: 13.033.199;
. Pintos / mensal: 11.052.720;

Área de construção:
. Incubatório: 5.170,00m²;
. Área de Apoio: 941,38m²;
. Espaço Térmico (GMC, Trafo e CCM), base Chiller e Passarela: 295,45m²;
. Arco de Desinfecção e Apoio de Caminhoneiro: 44,53m²;
. Reservatório Elevado 150.000 litros: 12,45m²;
. Abrigado para Caminhões e Lavador: 300,00,²;
. Base de Apoio Reservatório de Retorno (25,0x4,00m): 100,00m²;
. Base de Apoio Tanque Combustível (6,0x3,0m): 18,00 m²;
TOTAL: 6.881,81m².

Características da fábrica de ração em Congonhinhas
- Fábrica com capacidade de 30 ton/h
- Sistema de fabricação automatizado
- Sistema de expedição robotizado
- Controle de fluxo e entrada
- Moagem em conjunta
- Micro dosagem

Armazenagem de Grãos
Capacidade para 2016:
. Armazenagem: 3 silos - 265.625 scs;
. Silo Pulmão: 1 silo - 11,346 scs;
. Secagem: 1 secador - 100 ton/hr;
. Fábrica de Rações: 30.000Kg/hr;

Capacidade futura:
. Armazenagem: 9 silos - 979.625 scs;
. Silo Pulmão: 2 silos - 22,692 scs;
. Secagem: 2 secadores - 200 ton/hr;
. Fábrica de Rações: 30.000Kg/hr.





Prefeito municipal, Dr. José Olegário

Gerente de operações da empresa, Givanildo José Galdini


COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net