Facebook Twitter RSS

Anvisa proíbe termômetro com mercúrio


Redação: Folhapress (Folha de Londrina)
(Foto: Menchi/Wikimedia Commons)
Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta quarta-feira (22) no Diário Oficial da União proíbe, em todo o território nacional, a fabricação, a importação, a comercialização e o uso em serviços de saúde de termômetros e esfigmomanômetros (medidores de pressão arterial) com coluna de mercúrio. A determinação passa a valer a partir de janeiro de 2019. As informações são da Agência Brasil.

A decisão também inclui a proibição do uso desses equipamentos em serviços de saúde, que deverão fazer o descarte dos resíduos sólidos contendo mercúrio conforme normas definidas pela própria agência e por órgãos ambientais estaduais e federais.

De acordo com a Anvisa, o impacto da contaminação do meio ambiente por mercúrio está ligado diretamente aos riscos provocados pela exposição ao mercúrio para a saúde humana. Dados do Ministério do Meio Ambiente revelam que a exposição a 1,2 miligrama de mercúrio por algumas horas pode causar bronquite química e fibrose pulmonar. Segundo a pasta, o mercúrio pode causar problemas ao sistema nervoso central e à tireoide, caso a exposição ao material ocorra por períodos longos.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net