Facebook Twitter RSS

Igreja Universal leva ajuda emergencial a regiões afetadas pelas chuvas no Peru


Redação: Michele Roza - Folha Universal / Fotos: Cedidas

Há cerca de três meses, o Peru, país sul-americano que faz fronteira a leste com o Brasil, vem sofrendo com as fortes chuvas. Contudo, no mês de março, a situação se agravou por causa da ocorrência de uma série de “huaycos”, como são chamadas as avalanches, depois do transbordamento dos rios, que causaram enchentes e deslizamentos de terra.

De acordo com as autoridades locais, esses foram os piores eventos naturais dos últimos 20 anos. Centenas de casas foram destruídas e também hospitais, escolas, comércios e outras instituições. Muitos povoados ainda se encontram isolados, sem energia elétrica e há um colapso na distribuição de água potável.

Segundo o Centro de Operações de Emergência Nacional, pelo menos 90 pessoas morreram, 120 mil perderam tudo e 740 mil sofreram danos menores. Cerca de 350 pessoas estão feridas e 20 estão desaparecidas nas regiões mais afetadas, como Piura, Tumbes, Lambayeque, La Libertad, Lima, Cajamarca e Ica.

Milagre

Evangelina Chamorro Díaz (foto ao lado), de 32 anos, é a prova viva de um milagre em meio a toda essa tragédia. Ela foi arrastada por mais de 600 metros pelas ruas de Punta Hermosa (município ao sul da capital e maior cidade do país, Lima) e sobreviveu.

Ela e o esposo, Armando Rivera (foto ao lado), de 48 anos, estavam em casa, em um lote de terras onde criavam porcos, quando ouviram um estrondo. Quando saíram para ver o que era, a avalanche de água os alcançou. Eles foram arrastados para o meio da água lamacenta e dos destroços. “Durante os 30 minutos em que fui arrastada, por quatro vezes a lama me cobriu inteira. Engoli muito barro enquanto tentava pedir ajuda, mas ninguém escutava. Já estava sem forças até para respirar. Foi nesse momento que pedi a Deus para me dar forças para sair dali e Ele me ouviu. Não podia deixar minhas filhas sem pai e sem mãe”, contou Evangelina em entrevista após receber alta.

Ela ficou uma semana internada para se recuperar de cortes no rosto, nos braços e nas pernas. No hospital, reencontrou o marido, que também foi lá procurar atendimento.

Auxílio

A Universal, que realiza o trabalho social e de evangelização no Peru há mais de 21 anos, está mobilizando voluntários e doações para atender às necessidades dos desabrigados. “É neste momento de tanta necessidade que quem está realmente disposto e determinado presta ajuda à população, realizando, além da ação social, o trabalho de evangelização”, afirmou o bispo Gilberto Santana, responsável pela Universal no país.

A maior necessidade física dos afetados é de acesso a água potável e comida, já que não podem cozinhar por causa da contaminação da água que abastece a região. Grupos de voluntários estão entregando refeições prontas, água potável, alimentos, roupas, calçados e apoio espiritual.

Para o pastor Joel Santos, responsável pela região de Trujillo, esse trabalho leva fé e esperança à população em um momento tão complicado. “Há 18 anos não acontecia algo parecido em Trujillo. E é por isso que o nosso trabalho tem sido de suma importância, porque não levamos somente o alimento físico, mas levamos o alimento espiritual. Sabemos que somente com a fé essas pessoas vão conseguir vencer essa situação.”

Cerca de 800 municípios peruanos declararam estado de emergência. Além disso, há risco iminente de que a população contraia doenças. Os voluntários também colaboram com a limpeza de ruas e praças e assim contribuem com a restauração das cidades e a manutenção da saúde pública.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net