Facebook Twitter RSS

Ocorrências Policiais; 12 para 13/07 de 2017


18° BPM

ASSAÍ: ESTELIONATO
Às 14h do dia de hoje compareceu a Sede da 3ª Companhia de Polícia, uma senhora relatando que sua senha de conta corrente fora clonada via internet. E assim os estelionatários efetuaram diversas compras, além de saques e transferências com seu número e senha de cartão. A noticiante foi orientada quanto aos fatos.

CORNÉLIO PROCÓPIO: TRÁFICO DE DROGAS
Mediante várias denúncias por parte de populares informando que a prática de tráfico de drogas ocorre constantemente em frente a colégios e escolas dessa cidade. Na data de hoje por volta das 11h50min a equipe ROTAM em apoio a equipe da Rádio Patrulha e a equipe do Batalhão de Policia Escolar (BEPEC) deslocou até a alguns colégios, ficando a encargo de cada equipe um colégio diferente para que as buscas e revistas acontecessem simultaneamente. As abordagens resultaram na apreensão de determinada quantia de substância análoga à maconha e ainda dois pontos adesivos de droga ilícita sintética do tipo LSD. Bem como o encaminhamento de 03 menores de idade para a 11ª SDP, com a presença do Conselho Tutelar.

CORNÉLIO PROCÓPIO: PORTE DE DROGAS
Às 14h após denúncia anônima via 190, informando que na Praça da Escola Estadual Monteiro Lobato havia um grupo de jovens fazendo uso de entorpecente, possivelmente maconha. A equipe policial deslocou ao endereço onde já de imediato foi possível visualizar quatro indivíduos e sentir o odor característico da substância maconha. Destarte foi dada voz de abordagem aos mencionados, sendo localizada com três dos abordados pequenas porções de substância análoga à maconha. Diante disso foram encaminhados para a 11ª SDP por porte de drogas.

CORNÉLIO PROCÓPIO: ESTELIONATO
Às 17h42min a equipe PM foi informada por um frentista de posto de combustível dessa cidade que determinado cliente teria solicitado um abastecimento no valor de 150 reais, mas que teria efetuado na loja de conveniências apenas o valor de 50 reais. Porém, o noticiante só veio a saber disso minutos após a saída do cliente. Por não ter gravado placas ou demais características do “cliente” não foi possível encontrá-lo. Desse modo a vítima foi orientada.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net