Facebook Twitter RSS

Ocorrências Policiais; 05 para 06/10 de 2017


18° BPM

ANDIRÁ: ESTELIONATO
Às 15h00min compareceu ao Pelotão de Polícia Militar um senhor relatando que sua esposa ao se dirigir até um determinado Banco a fim de realizar um financiamento foi informada de que tal ação não seria possível, uma vez que já consta  o financiamento de um veículo em seu nome. Que investigada a situação mediante contato com a central de atendimentos do Banco Financiador constatou-se a compra de um veículo I/ Citroen Pallas C4 de placas CWQ- 1761, emplacamento Londrina. O noticiante afirmou que sua esposa nunca teve o menor conhecimento sobre o caso, nem tampouco conhece a identidade da pessoa na qual esta registrado o veículo.

ASSAÍ: FURTO QUALIFICADO
Por volta das 17h00min a PM foi informada que alguns indivíduos estariam carregando objetos possivelmente oriundos de furto. De imediato a equipe policial de plantão saiu em patrulhamento localizando um indivíduo na Rua Uruguai portando alguns objetos que logo em seguida foram reconhecidos pelo proprietário como sendo aqueles furtados de sua residência. Dentre esses itens estavam: um cano de PVC contendo moedas e uma espingarda de pressão. O autor do furto foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

BANDEIRANTES: LESÃO CORPORAL
Às 20h40min após denúncia anônima dizendo que um rapaz estaria agredindo a esposa grávida, a equipe policial deslocou até o local. Onde em contato com a vítima foi informada de que de fato ela se encontra grávida, que se trata de uma gravidez de risco e que nessa data fora agredida pelo companheiro. Relatou ainda que só não foi mais agredida por ter pulado o muro. Foi então acionado o SAMU para prestar socorro a gestante e o agressor encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

SANTA MARIANA: FURTO SIMPLES
Compareceu ao Pelotão de Polícia Militar por volta da 01h00min da manhã uma pessoa do sexo masculino relatando que se encontrava em um bar ingerindo bebida alcoólica e que após realizar o pagamento de sua conta notou que seu celular Samsung J5 de cor preta não mais estava sobre a mesa. Que indagou as demais pessoas que estavam no local, mas que todos alegaram não ter visto nada de diferente. A vítima foi orientada.

CORNÉLIO PROCÓPIO: FURTO DE COISA COMUM
Acerca das 13h mediante solicitação via 190 a equipe PM foi acionada para comparecer até as adjacências de um colégio dessa cidade, onde no local a solicitante informou que enquanto deixava sua filha no referido colégio fora furtado de dentro de seu veículo uma bolsa contendo documentos pessoais, cartões de diferentes Bancos, bem como joias de ouro (avaliadas em aprox. R$15.000,00) e uma quantia aproximada de R$1.200,00. As equipes seguem em diligências, visto que fora observado pelas imagens de câmeras de segurança que um veículo de cor branca aproximou-se do carro da vítima enquanto ela acompanhava a filha até o colégio.

CORNÉLIO PROCÓPIO: FURTO SIMPLES
Às 17h40min a equipe policial foi informada via 190 sobre um furto na Rua Colombo. No local a vítima informou ter deixado em cima do balcão de seu estabelecimento um molho de chaves, um celular Samsung J5 e um cartão de crédito dentro da capinha do celular. Que teria dado falta dos objetos ao se dirigir até os fundos do estabelecimento e que a porta do local se encontrava fechada e que não notou nenhuma movimentação diferente. A vítima foi orientada.

LEÓPOLIS: TRÁFICO DE DROGAS
Às 16h25min através de denúncia anônima a equipe policial teve conhecimento de que atrás da Sub Estação de Energia Elétrica havia um pé de maconha. desse modo, a equipe deslocou até o local contatando o teor da denúncia. A planta encontrava-se plantada dentro de um vaso e foi apreendida e encaminhada até a Delegacia de Polícia Civil.

SÃO SEBASTIÃO DA AMOREIRA: FURTO QUALIFICADO
Às 10h30min compareceu ao Destacamento de Polícia uma pessoa informando ser enfermeira desse município e que durante o último final de semana fora furtado do órgão público no qual trabalha: um computador de mesa, sendo um HD na cor preta sem marca definida, monitor de cor preta, sem saber precisar a marca, uma impressora na cor preta (sistema toner, sem marca definida), ambos com número do patrimônio. Afirma que os aparelhos estavam devidamente instalados em um consultório anexo ao prédio principal, que não houve arrombamento da porta, tendo sido utilizado para adentrar na edificação a chave original, a qual fora subtraída do local de origem e jogada posteriormente no pátio daquele órgão público. Relata que posteriormente fora furtado duas lâmpadas do corredor (parte externa). E que ao fim do expediente é praxe um funcionário verificar se todas as portas estão devidamente trancadas e que na sexta-feira que antecedeu o furto estava tudo dentro da normalidade. Salienta-se que a qualificação do crime de furto neste caso, configurou-se pela subtração noturna e possível abuso de confiança.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net