Facebook Twitter RSS

MST bloqueia rodovia na região de Londrina contra prisão de Lula


Redação: Reportagem Local - Folha de Londrina
(Foto: Reprodução/MST)
O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) promoveu uma série de manifestações nesta sexta-feira (6) contra a prisão do ex-presidente Lula, decretada pelo juiz federal Sérgio Moro. Na região de Londrina, o protesto ocorreu na PR-170, entre Porecatu e Miraselva. Segundo uma das militantes do movimento, Ceres Hadich, aproximadamente mil pessoas bloquearam os dois sentidos da rodovia estadual até meio-dia. O grupo ainda não programou novas atividades para os próximos dias.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) no Paraná informou que não há uma operação especial para uma possível chegada do ex-presidente à Polícia Federal em Curitiba por vias terrestres. Segundo a assessoria de comunicação, existe apenas uma determinação de reforço no monitoramento das estradas federais. Já a PRE (Polícia Rodoviária Estadual) assegurou que acompanhou a manifestação na PR-170.

Mais cedo, já tinham sido confirmados bloqueios em Mato Grosso, Bahia, Pernambuco e Espírito Santo. Segundo o coordenador do movimento Alexandre Conceição, a ideia é bloquear 50 BRs em 24 Estados brasileiros, em protesto contra a decretação da prisão do ex-presidente Lula. Em outras cidades paranaenses, o MST também impediu o tráfego de veículos em alguns rodovias. Veja a lista:

Quedas do Iguaçu

1500 pessoas na PR-476, que liga Quedas do Iguaçu a São Jorge d'Oeste.

Rio Bonito do Iguaçu

800 pessoas na BR-158 entre Rio Bonito do Iguaçu e Laranjeiras do Sul.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net