Facebook Twitter RSS

Ocorrências Policiais; 14 para 15/08 de 2018


18° BPM

ASSAÍ: CUMPRIMENTO DE MANDADO JUDICIAL
Às 06h da manhã de ontem foi dado cumprimento a um mandado de prisão em uma residência na Rua Rui Barbosa. O morador não se encontrava no local, porém objetos utilizados no tráfico de drogas como balança de precisão, sacos plásticos, comprovantes de depósito foram encontrados no local, apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia.

BANDEIRANTES: FURTO QUALIFICADO
Às 16h50min compareceu à 2ª Cia PM um senhor relatando que no dia 10 de agosto enquanto caminhava pela Praça Brasil Japão duas moças vieram ao seu encontro dizendo querer conversar e sem que percebesse acabaram furtando seu aparelho celular Samsung Galaxy J5.

BANDEIRANTES: LESÃO CORPORAL - VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Às 21h30min uma mulher da Vila Lordani ligou para a equipe PM relatando que no local um homem teria agredido sua ex-esposa. No endereço, a equipe policial fez contato com a vítima que confirmou o fato, relatando ter sido agredida com chutes e ponta pés. A vítima e o agressor foram encaminhados pela PM para os procedimentos cabíveis.

CORNÉLIO PROCÓPIO: FURTO QUALIFICADO
Às 07h30min a PM foi acionada na creche do Jardim Primavera onde a solicitante informou que o local havia sido furtado e que essa não fora a primeira vez. De acordo com a solicitante já foram furtados: um televisor, um aparelho DVD, um microondas e demais objetos utilizados nos cuidados com as crianças do local. Relatou ainda ter recebido a informação de que a pessoa responsável pelos furtos estaria vendendo os objetos na Vila Nova e Vila Mariana. A solicitante foi orientada.

CORNÉLIO PROCÓPIO: VIAS DE FATO
Às 09h40min compareceu à 1ª Cia PM um senhor relatando que se encontrava em seu local de trabalho na Rua do Café quando um indivíduo chegou ao local querendo agredi-lo. O noticiante informou que só não foi atingido por uma barra de ferro portada pelo noticiado, pois saiu do local.

CORNÉLIO PROCÓPIO: LESÃO CORPORAL
Às 13h45min a PM foi acionada no Conjunto Vitor Dantas onde o solicitante relatou que estava prestes a realizar uma radiografia em uma pessoa, quando esta lhe indagou o porquê de não ter pedido para arrancar o relógio que usava. Que o radiologista respondeu não ser necessário e que então acabou sendo agredido pelo noticiado que em seguida se evadiu do local. A equipe policial realizou patrulhamento pelas adjacências, porém não teve êxito de localizar o agressor.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net