Facebook Twitter RSS

Surdo-mudo usa bilhete para anunciar assalto em posto e acaba preso


Fonte: Portal Banda B
(Foto: Reprodução)
Uma tentativa de assalto inusitada chamou a atenção de policiais no bairro Vila Izabel, em Curitiba, na manhã desta quarta-feira (5). Um homem surdo-mudo, de 30 anos, foi preso após anunciar um roubo na loja de conveniência de um posto de combustíveis localizado na Avenida Getúlio Vargas.

Para se comunicar com a funcionária, ele passou um bilhete que mandava ela ficar quieta e entregar o dinheiro do caixa. “Eu estava de costas e me virei quando vi que chegou gente na loja. Fui atender o rapaz e disse ‘bom dia’ duas vezes, mas ele não me respondeu. Em seguida, o homem me deu o bilhete e eu achei que era uma lista de compras, porque percebi que ele não conseguia falar”, disse a vítima em entrevista à Banda B.

A jovem, no entanto, se surpreendeu com o conteúdo da mensagem, que dizia: “Fique quieto, eu tenho arma aqui na cintura, passa o dinheiro rápido. Eu não quero mostrar a arma”. “Eu olhei e pensei ‘como assim?’. Ele começou a fazer sinais como quem queria as coisas do caixa. Nisso, o frentista veio e eu avisei que o rapaz falou que estava armado e queria assaltar a loja”, completou.

O funcionário pediu para que o suspeito mostrasse a arma, mas ele não fez nada. “Ele só gesticulava e empurrava o frentista, mas o meu colega conseguiu segurar o cara até a chegada da polícia”, afirmou.

Motivação

O suspeito foi encaminhado até a Central de Flagrantes de Curitiba, onde deve permanecer à disposição da Justiça. Ele anotou os próprios dados em uma prancheta e contou com a ajuda de um intérprete de Libras para se comunicar com a polícia.

Na delegacia, ele confessou que esse foi o seu quarto assalto, o único que deu errado. De acordo com o delegado Fábio Machado, ele admitiu que é usuário de drogas e cometeu o crime para comprar entorpecentes. “O rapaz não estava armado e não tem antecedentes, ele nunca foi preso. Ele nos relatou que é viciado e que queria o dinheiro para comprar crack. Eu jamais tinha atendido um caso desses, achei bem inusitado. Se não fosse o apoio da segurança e o frentista, ele provavelmente teria conseguido levar o dinheiro do caixa”, finalizou.

(Foto: Antônio Nascimento - Banda B)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Blog Congotícias
www.congoticias.net