Facebook Twitter RSS

Agepar homologa aumento das tarifas de pedágio no Paraná; reajustes variam de 2,9% a 3,3%


Fonte: G1 PR - Curitiba
Agepar homologa reajuste das tarifas de pedágio no Paraná;
média de aumento é de 3,3%
(Foto: AEN/Arquivo)
O reajuste das tarifas de pedágio de seis concessionárias do Anel de Integração no Paraná foi homologado nesta terça-feira (3) pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar).

A data para que novos valores entrem em vigor ainda não foi definida. O reajuste médio anual será de 3,3% para cinco concessionárias:

•    Econorte
•    Viapar
•    Ecovia
•    Ecocataratas
•    Caminhos do Paraná


Somente a RodoNorte terá um reajuste médio de 2,9%, porque a concessionária usa a fórmula paramétrica prevista no contrato original enquanto as demais tiveram a fórmula alterada a partir de 2014.

A Agepar informou que as tarifas poderão sofrer alteração, tendo em vista os acordos de leniência que foram firmados ou a serem firmados.

O acordo de leniência foi firmado pela Ecorodovias, controladora da Ecovia e da Ecocataratas, com a força-tarefa da Operação Lava Jato. Em setembro deste ano, foi reduzido em 30% as tarifas de seis praças de pedágio no estado.

O acordo prevê a recuperação de R$ 400 milhões, que devem ser pagos até o fim das concessões, em 2021. A concessionária é investigada na Operação Integração, que apura irregularidades na concessão de rodovias do estado.

Conforme o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), as portarias devem informar a data e o horário em que os valores reajustados poderão ser aplicados.

De acordo com a Agepar, para a reposição inflacionária foram utilizados os indicadores que compõem a cesta de índices da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A Agepar informou ainda que o reajuste anual das tarifas previsto em contrato é diferente de revisão tarifária, que analisa o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos.

Em todos os anos, o reajuste das tarifas era divulgado em 1º de dezembro. Porém, neste ano, a Agepar informou que recebeu a documentação do DER somente no dia 25 de novembro e que precisava de até cinco dias úteis para deliberar sobre a homologação.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Érick Paiva - Blog Congotícias
Érick é acadêmico do curso de Direito, cursando atualmente o terceiro período na Faculdade Cristo Rei (FACCREI) de Cornélio Procópio. É o criador do Blog Congotícias, levando a informação para Congonhinhas e região há mais de 06 anos.