Facebook Twitter RSS

Ferroviária, time da congonhinhense Amanda Brunner, é campeã da Libertadores feminina


Redação Congotícias

A Associação Ferroviária de Esportes, popularmente conhecida como Ferroviária de Araraquara (SP), conquistou o título da Copa Libertadores da América de futebol feminino 2020 na noite deste domingo (21), após vencer o América de Cali, da Colômbia, por 2 a 1, em jogo disputado em Buenos Aires, na Argentina.

O placar foi aberto pela Ferroviária logo no primeiro tempo, com um gol de Patricia Sochor. O América de Cali empatou em pênalti cobrado por Catalina Usme. Antes do intervalo, no entanto, Aline Milene, também em cobrança de pênalti, fez o segundo gol da Ferroviária. A partida acabou assim: 2x1 para o time paulista, que faturou o torneio continental.

Na foto acima, a jogadora Amanda Brunner Veiga, a primeira da esquerda, segura sua medalha de campeã. Ela é de Congonhinhas e, assim como a Ferroviária, conquistou a Libertadores pela segunda vez. Em 2017, quando ainda jogava pelo Corinthians, a congonhinhense já havia sido campeã da competição sendo, inclusive, uma das artilheiras naquela ocasião.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Érick Paiva - Blog Congotícias
Érick é acadêmico do curso de Direito, cursando atualmente o 6º período na Faculdade Cristo Rei (FACCREI) de Cornélio Procópio. É o criador do Blog Congotícias, levando a informação para Congonhinhas e região há mais de 08 anos.