Facebook Twitter RSS

Boca Aberta quer que o dinheiro que você paga no pedágio seja descontado no Imposto de Renda


Fonte: Gazeta News PR

Gastos com serviços essenciais, como saúde e alimentação, são deduzidos do imposto de renda. Somando a isso, um projeto do deputado federal Boca Aberta quer incluir nos gastos a serem descontados do imposto os gastos com pedágio.

Atualmente, já existem 22.973 quilômetros de estradas pedagiadas, e o próprio Ministério dos Transportes informa o prosseguimento da política,  com a previsão de milhares de outros quilômetros.

Reconhecer que toda  a circulação de bens e pessoas, num país da extensão do nosso, e com a  reconhecida dependência do modal rodoviário, está sendo crescentemente onerada, havendo casos em que torna proibitivo o transporte de certas cargas ou o direito de ir e vir de pessoas pertencentes às classes de menor renda. 

Os pagamentos efetuados por pessoas físicas e jurídicas, nos postos de pedágio das rodovias pedagiadas, serão descontados na dedução da Declaração Anual de Imposto de Renda, em todo território nacional.

As empresas concessionárias do serviço de transporte ficam obrigadas a dar conhecimento anual dos pagamentos de pedágio de acordo com a placa do veículo às Secretarias de Fazenda Estaduais, para que o órgão responsável pela arrecadação possa efetuar a dedução.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Érick Paiva - Blog Congotícias
Érick é acadêmico do curso de Direito, cursando atualmente o 6º período na Faculdade Cristo Rei (FACCREI) de Cornélio Procópio. É o criador do Blog Congotícias, levando a informação para Congonhinhas e região há mais de 08 anos.