Facebook Twitter RSS

CRUELDADE - Professora é morta com pedrada no rosto, no Paraná, e corpo é encontrado com sinais de violência sexual


Fonte: RPC Maringá

Uma professora foi morta com uma pedrada no rosto, em Fênix, na região norte do Paraná, na madrugada de quinta-feira (6). Segundo a Polícia Civil, há indícios de que a vítima tenha sido violentada sexualmente. Um suspeito foi preso.

Maria das Graças Roque tinha 58 anos e foi encontrada morta em um terreno da cidade. O corpo da professora foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Campo Mourão, no centro-oeste do estado.

Segundo a polícia, apesar da professora ter sido morta durante a madrugada, o corpo dela só foi achado cerca de 18 horas depois.

A Polícia Civil e a Polícia Militar passaram a fazer investigações na região e identificaram um suspeito com base em imagens de câmeras de segurança.

Durante as buscas, um homem de 28 anos, com características parecidas com as do suspeito identificado, foi encontrado na madrugada desta sexta-feira (7).

O suspeito estava na rodoviária de Quinta do Sol, que fica ao lado de Fênix. Conforme a polícia, o homem foi preso e disse que cometeu o crime para roubar a professora.

O suspeito tem diversas passagens pela polícia, incluindo uma tentativa de homicídio em Campina da Lagoa, no centro-oeste do estado, conforme as investigações.

Ele foi encaminhado para um presídio de Engenheiro Beltrão.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Érick Paiva - Blog Congotícias
Érick é acadêmico do curso de Direito, cursando atualmente o 8º período na Faculdade Cristo Rei (FACCREI) de Cornélio Procópio. É o criador do Blog Congotícias, levando a informação para Congonhinhas e região há mais de 09 anos.