Facebook Twitter RSS

Santo Antônio da Platina - médico é afastado suspeito de violência obstétrica: 'verdadeiro filme de terror'


Fonte: RIC Mais com MPPR

Um médico, que não teve a identidade divulgada, foi afastado do cargo no Hospital Regional do Norte Pioneiro, após denúncias de violência obstétrica. O caso foi registrado em Santo Antônio da Platina, norte do Paraná. O afastamento aconteceu após solicitação do Ministério Público do Paraná (MPPR), por ação civil pública ajuizada pelo Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria), e decisão judicial liminar.

De acordo com o divulgado pelo MPPR, foram ouvidas 24 pessoas. Os testemunhos apontaram “um verdadeiro filme de terror”, conforme a ação civil pública. Entre os relatos, foram descritas violências como amarrar pernas das pacientes e procedimentos cirúrgicos realizados sem anestesia ou antes que ela fizesse efeito.

A princípio, em 2021, o Gepatria expediu recomendação administrativa orientando para que o profissional de saúde fosse dispensado, já que haviam indícios de contratação irregular. Após a matéria, as testemunhas se manifestaram.

O processo corre em sigilo para proteção das vítimas. A reportagem aguarda retorno da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná sobre o caso.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Érick Paiva - Blog Congotícias
Érick é acadêmico do curso de Direito, cursando atualmente o 8º período na Faculdade Cristo Rei (FACCREI) de Cornélio Procópio. É o criador do Blog Congotícias, levando a informação para Congonhinhas e região há mais de 09 anos.