Facebook Twitter RSS

Conheça Keyane Harshe, a nova delegada de Congonhinhas


Redação Congotícias

A delegacia de Polícia Civil de Congonhinhas conta com uma nova titular a partir de janeiro de 2023. Trata-se da doutora Keyane Harshe, recém aprovada no concurso da PCPR, considerado um dos mais difíceis e concorridos do Brasil.

Nascida na cidade de Apucarana, no estado do Paraná, ela obteve sua formação em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) no ano de 2017, tendo se especializado posteriormente na área do Direito Penal pela Faculdade Unina.

Com 27 anos de idade, a nova delegada, que será responsável pelos municípios de Congonhinhas e Santo Antônio do Paraíso, que abrangem a comarca, falou em primeira mão com o blog Congotícias, discorrendo sobre as expectativas desse início de trabalho e contando um pouco da sua história pessoal. Confira abaixo as perguntas e respostas.

1) Primeiramente, vamos conhecer um pouco da sua história e currículo. Como foi sua infância? Sempre teve o sonho de cursar direito? Teve alguma inspiração familiar?
R= Minha infância foi simples, mas maravilhosa. Meus pais sempre trabalharam muito para custear nossa educação. Meus estudos e dos meus irmãos sempre foram uma prioridade pra eles, que são meu maior exemplo e inspiração. Optei pelo curso de direito durante o ensino médio, por ter mais familiaridade com  as matérias relacionadas às ciências humanas.

2) A UEL sempre foi uma das universidades de grande destaque no Brasil. Como foi ter estudado lá?
R= Foi incrível e considero uma das melhores fases da minha vida. Tenho muito orgulho em ser egressa da Universidade Estadual de Londrina.

3) E a respeito do cargo de delegada: quando entrou na graduação, pretendia apenas advogar, ou sempre teve essa afinidade com o direito penal para buscar esse objetivo?
R= Desde que ingressei na Universidade já tinha a intenção de prestar concurso público, mas o desejo de me tornar delegada de polícia surgiu a partir do segundo ano da faculdade, após meu primeiro contato com o Direito Penal.

4) Como foi sua preparação para o concurso da Polícia Civil do Paraná?
R= Me preparei exclusivamente para o concurso da PCPR durante 1 ano e 6 meses. Estudava cerca de 5 a 6 horas por dia, porque também trabalhava como assessora de magistrado no TJPR.

5) Qual foi a sensação ao ver seu nome na lista de aprovados e, sobretudo, convocados para o exercício do cargo?
R= É um misto de vários sentimentos, especialmente felicidade e sensação de dever cumprido. Faz valer a pena todos os dias de esforço, abdicações e dedicação.

6) Vi que Congonhinhas está tendo a honra de ser o primeiro município onde você assume como delegada. Quais são suas expectativas nesse início de trabalho?
R= Minhas expectativas são as melhores possíveis. Me comprometo a dar o melhor de mim para bem servir e proteger a população Congonhinhense.

7) O que a criminalidade e a população como um todo podem esperar da doutora Keyane Harshe?
R= Podem esperar o mesmo esforço e dedicação que tive até aqui, mas agora para fazer um trabalho de excelência.

8) Para finalizar, qual é o seu recado para aquelas pessoas que sonham em conseguir a aprovação em concursos públicos tão complexos como este?
R= Faça o seu melhor todos os dias, dentro das condições que você tem. Confie e peça forças pra Deus, os sonhos dele são sempre melhores que os nossos.

9) Algo mais que gostaria de acrescentar ou dizer para a população?
R= A Polícia Civil está de portas abertas para quem dela precisar. Conte conosco!

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

  • Facebook
  • Twitter
  • Myspace
  • Reddit
  • Stumnleupon
  • Delicious
  • Digg
  • Technorati
Postado por: Érick Paiva - Blog Congotícias
Érick é acadêmico do curso de Direito, cursando atualmente o 9º período na Faculdade Cristo Rei (FACCREI) de Cornélio Procópio. É o criador do Blog Congotícias, levando a informação para Congonhinhas e região há mais de 09 anos.